Sofre com pelos encravados na região íntima? Estes 4 truques podem ajudar a evitá-los

Você não está sozinho quando o assunto são pelos encravados, por isso, algumas recomendações podem ajudar a evita-los

Manequim Publicado quarta 8 abril, 2020

Você não está sozinho quando o assunto são pelos encravados, por isso, algumas recomendações podem ajudar a evita-los
Estas dicas podem evitar pelos encravados - Pixabay

Quando um pelo começa a nascer e  não encontra a saída do folículo, ele tende a crescer dentro da pele provocando inflamação na região. 

Esta reação ocorre com quase todo mundo e não há dúvidas sobre os incômodos que ela provoca principalmente em regiões mais sensíveis. 

Na região íntima, por exemplo, os pelos encravados causam ainda mais desconforto e insegurança porque podem provocar coceira, inchaço e vermelhidão no local, para evitar este problema, algumas dicas devem ser seguidas:

Esfoliação

Retirar as células mortas pode colaborar para eliminar pelos encravados superficialmente além de abrir poros para novos pelos crescerem livremente, por isso, é importante esfoliar a região antes e depois da depilação, no entanto, não esfolie se a região estiver muito inflamada.

Depilação adequada

Um dos principais causadores de pelos encravados é o uso inadequado da lâmina de barbear, por isso, prefira a depilação a laser ou fotodepilação. Se não for possível, não se esqueça de passar o barbeador ou a cera no sentido do crescimento dos pelos. 

Evite roupas apertadas

Roupas justas impedem que a pele respire dificultado o processo de crescimento dos pelos, por isso, prefira utilizar roupas mais leves e durma sem calcinha.

Talco

A oleosidade excessiva na pele pode colaborar para a obstrução de poros e consequentemente o surgimento de pelos encravados. O talco pode ajudar a manter a pele da região sequinha. 

Lavar a região adequadamente

A má higiene pode agravar a situação dos pelos encravados, por isso, lave a região todos os dias com água e sabonete.
 

Último acesso: 26 May 2020 - 03:32:37 (1042502).