Marca brasileira cria primeira linha de roupas e máscaras com proteção anticoronavírus por R$ 49,99

A empresa utiliza tecnologia com tecido capaz de inativar a Sars-CoV-2

Manequim Publicado terça 30 junho, 2020

A empresa utiliza tecnologia com tecido capaz de inativar a Sars-CoV-2
Empresa utiliza tecnologia antiviral nos tecidos - Divulgação/ Malwee Protege

Uma empresa brasileira já deu o primeiro passo para inovar seus produtos e adaptá-lo ao novo momento que vivemos causado pela pandemia do novo coronavírus. 

Depois que a máscara de proteção se tornou um item indispensável em todo o mundo, a marca de roupas decidiu criar uma linha de camisetas e máscaras de proteção com uma tecnologia capaz de eliminar o vírus causador da Covid-19 em poucos minutos após o contato com o tecido. 

+ VEJA TAMBÉM: Kim Kardashian cria linha de máscaras de proteção custando R$ 45 cada e estoque esgota em uma hora

A linha de roupas garante eficácia comprovada para evitar a contaminação porque possui um acabamento antiviral, antibacteriano e antifungos em sua composição, que utiliza a tecnologia HeiQ Viroblock. 

O tecido foi testado em laboratório pela empresa têxtil suiça HeiQ e o instituto Peter Hoherty, na Austrália, e segundo os estudos, o tecido permanece inativa o vírus mesmo após 30 lavagens por conta das micropartículas de prata em sua composição. 

A empresa pretende disponibilizar as camisetas e as máscaras para venda a partir do mês de julho e comercializará via e-commerce kits de camisetas custando R$ 49,99 cada e kits com duas máscaras de proteção custando R$ 29,99 o kit. 

Vale ressaltar que o intuito da marca é reforçar a proteção contra a Sars-CoV-2 e somente a utilização de seus produtos não garante imunidade contra a doença causada pelo novo coronavírus. 
 

Último acesso: 13 Jul 2020 - 09:01:43 (1042925).