moda   / Inspiração

Conheça a jovem paraense que vendia chip de celular e hoje estampa capas de revistas de moda

A jovem marajoara virou modelo cotada por grandes marcas após ser descoberta por olheiro

Bons Fluidos Publicado segunda 21 setembro, 2020

A jovem marajoara virou modelo cotada por grandes marcas após ser descoberta por olheiro
Emilly Nunes vendia chip de celular em Belém, mas foi descoberta por um olheiro e teve seu sonho realizado - Foto: Hudson Rennan/ Reprodução/ Instagram

Emilly Nunes viu sua vida mudar depois que suas fotos foram parar nas mãos de um olheiro pouco antes do início da pandemia. A jovem de 21 anos, natural de Belém, no Pará, vendia chips de celular e 5 meses depois, se viu estampada na capa de revistas como a Vogue. 

A jovem nasceu em Belém, mas cresceu na ilha de Marajó, onde morou com sua avó. Ela ajudava a família pescando e auxiliava na extração de óleos naturais de andiroba e coco; além de passar o tempo pegando açaí, cupuaçu e manga. 

Clique aqui para ler a matéria completa no site da Revista Bons Fluidos, parceira da Manequim. 

Último acesso: 20 Oct 2020 - 12:28:47 (1043284).