colunas   / Coronavírus

Beyoncé faz doação de R$ 32 milhões para luta ao combate ao coronavírus; confira declaração

A cantora Pop arrecadou valor milionário e distribuiu o dinheiro para organizações da área da saúde

MANEQUIM Publicado sexta 24 abril, 2020

A cantora Pop arrecadou valor milionário e distribuiu o dinheiro para organizações da área da saúde
Beyoncé faz doação de R$ 32 milhões para luta ao combate ao coronavírus - Getty Images

Nesta última quinta-feira, 23 a cantora Beyoncé anunciou que fez uma doação de US$ 6 milhões (ou R$ 32 milhões), para instituições que buscam minimizar os efeitos da Covid-19, doença causada pelo coronavírus. Os primeiros casos foram diagnosticados na China, ao final do mês de dezembro de 2019. Hoje, a pandemia soma mais de 2,74 milhões de pessoas infectadas ao redor do mundo.

O gesto da cantora foi feito em parceria com o CEO do Twitter, Jack Dorsey. Juntos, têm como objetivo dar suporte às principais organizações de saúde dos Estados Unidos, dentre outras.

Confira o comunicado publicado do site oficial da cantora:

“O BeyGOOD [iniciativa lançada pela cantora] reconhece a imensa sobrecarga na saúde pessoal e mental dos trabalhadores de serviços essenciais durante a pandemia de COVID-19. Em nossas maiores cidades, afro-americanos abrangem um disproporcional número de trabalhadores nestes cargos indispensáveis, e eles precisarão de apoio para saúde mental e cuidados para o bem-estar pessoal, incluindo testes e serviços médicos, suprimentos alimentares, entrega de alimentos, tanto durante como após a crise. O BeyGOOD se uniu à organização Start Small, de Jack Dorsey, para arrecadar US$ 6 milhões para apoiar organizações que oferecem serviços de bem-estar mental através de uma parceria nacional com a Universidade da Califórnia. A iniciativa também é uma parceria com a Aliança Nacional em Doenças Mentais dos Estados Unidos para promover ações em cidades como Houston, Nova York, Nova Orleans e Detroit. O apoio auxiliará organizações como o United Memorial Medical Center, Bread of Life, Mathew 25 e várias outras”.

Jay-Z, marido de Beyoncé, foi uma das celebridades americanas que já haviam contribuído com doações para o combate contra o coronavírus. O rapper se uniu à cantora Rihanna e juntos arrecadaram o total de US$ 2 milhões aos imigrantes, populações encarceradas, pessoas em situação de rua, idosos e famílias de médicos e enfermeiros da linha de frente.

Para conferir o comunicado na íntegra, clique aqui!

Último acesso: 26 May 2020 - 02:30:10 (1042580).